Texto digitalizado e gentilmente cedido pelo Departamento de Língua Portuguesa da Direção-Geral da Tradução da Comissão Europeia.

 

Em 1947 e 1970, a Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), sob orientação da Academia de Ciências de Lisboa, editou as «Instruções para a organização do Vocabulário Ortográfico Resumido da Língua Portuguesa, que foram aprovadas pela Conferência de 1945».

Como referenciar: Academia das Ciências de Lisboa. «Instruções para a Organização do “Vocabulário Ortográfico Resumido da Língua Portuguesa", que foram aprovadas pela Conferência de 1945», https://www.volp-acl.pt/index.php/ortografia/67-instrucoes-para-a-organizacao-do-vocabulario-ortograficoresumido-da-lingua-portuguesa.

Loading...

hídria

Do latim hydrĭa, 'jarro', pelo grego ὑδρία (hydría), 'recipiente para água'

nome feminino

vaso de cerâmica, bojudo, com gargalo e três asas, duas nas laterais e uma outra na vertical, usado na Antiguidade para armazenar e transportar água

As hídrias aparecem frequentemente representadas em vasos gregos, pintados com cenas de mulheres a carregar água de uma fonte.

in Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa [nova edição digital em curso]

 

 

 

Apoios