(+351) 213 219 730  illlp@acad-ciencias.pt

Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, com a chancela da Academia das Ciências de Lisboa, é uma base de dados digital de acesso totalmente gratuito. Este recurso lexicográfico, embora tome como base as edições anteriores académicas, foi elaborado inteiramente de novo.

Mas, afinal, o que é um vocabulário ortográfico?

Um vocabulário ortográfico é uma lista extensiva de palavras, não só as de uso comum como da terminologia científica e técnica corrente, com indicação da sua grafia, categoria morfossintática e outras informações úteis, como ortoépia, formas irregulares de feminino e plural, particularidades na flexão verbal, etc.

O Vocabulário da Academia segue o sistema de grafia oficialmente estabelecido – o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (1990) – e a variedade portuguesa da língua. O Vocabulário abrange a língua portuguesa moderna, ou seja, o período linguístico que decorre do século xvi até à época atual. Excetuam-se os arcaísmos que ainda vivam para além do período arcaico ou que revivam literariamente na linguagem de autores modernos ou contemporâneos.

O Vocabulário está dividido em três partes: 1) vocabulário comum; 2) vocabulário onomástico; 3) formas não adaptadas.

Na primeira parte, incluem-se os vocábulos portugueses de uso comum e os termos científicos ou técnicos de emprego geral (léxico geral da língua), exceto nomes próprios; na segunda parte, os nomes próprios (antropónimos, mitónimos, topónimos, etc.); na terceira parte, registam-se os estrangeirismos.

O número de entradas não foi preestabelecido, e o total surge como resultado final obtido depois de contínuas colheitas vocabulares e uma seleção exaustiva e rigorosa de toda a massa lexical acumulada nas obras académicas anteriores.

 

De uma forma geral, foram alvo de registo:

– vocábulos consagrados pelo uso;

– neologismos de uso corrente;

– vocabulário técnico ou científico;

– estrangeirismos de uso corrente, com indicação da língua, do equivalente vernáculo ou do aportuguesamento;

– grafias alteradas pelo Acordo Ortográfico de 1990.

 

O trabalho em curso pretende também contribuir para a futura elaboração de vocabulários técnicos e científicos, seguindo o exemplo do Thesaurus de Ciências da Terra ou o Glossário Militar, obras em curso no âmbito dos trabalhos a ser desenvolvidos pelo Instituto de Lexicologia e Lexicografia da Língua Portuguesa.

A elaboração e publicação do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa é uma competência da Academia das Ciências de Lisboa que decorre do seu compromisso estatutário. Cabe à Academia a iniciativa de coordenar, com a Academia Brasileira de Letras e com as instituições culturais dos outros países de língua portuguesa e dos núcleos portugueses no estrangeiro, as ações respeitantes à promoção da unidade e expansão do idioma português.

natal

adjetivo uniforme

1. que se refere ao nascimento; natalício

2. diz-se do local em que se nasceu, em que ocorreu o nascimento; pátrio

«e tu, que havias renunciado à pátria, renunciaste também à voz, com que recordavas as canções do teu país natal.» (A. PIMENTEL, Anel, p. 150)

«Um dia acariciou a ideia de voltar à terra natal.» (E. VERÍSSIMO, Clarissa, p. 83)

nome masculino

3. (com maiúscula) Rel. festa anual cristã que comemora o nascimento de Cristo e que tem lugar no dia 25 de dezembro; natividade

Votos de Feliz Natal!

4. (com maiúscula) época em que se celebra a festa comemorativa do nascimento de Cristo

Tencionamos ir à aldeia, no Natal.

5. canção popular cujo tema é o nascimento de Cristo e a sua festa, que se canta geralmente na rua, nessa época

6. o dia do nascimento

Do latim natāle-, «nascimento»

in Dicionário da Língua Portuguesa [em revisão]. Lisboa: ACL, 2018

Apoios

Subscreva o nosso Boletim Informativo

X

Conteúdo protegido

Conteúdo protegido por direitos de autor